Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Esportes

O aumento da massa muscular e o uso de Anabolizantes ou Suplementos

Um dos principais objetivos de quem começa uma academia é geralmente o aumento da massa muscular. E por que é importante ter esse aumento? Primeiro porque você estará aumentando a proteção de seus ossos e articulações; O seu desempenho atlético também será aprimorado; Outro fator a ser desenvolvido será o condicionamento físico. Não podemos esquecer que a questão da beleza estética corporal também é levada em conta, quando entramos em um regime de exercícios mais intenso.

O aumento da massa mascular deve caminhar junto com a diminuição da gordura corporal. Isso varia dependendo de como o organismo de cada pessoa reage à atividades físicas e a mudança no plano alimentar. Algumas pessoas apresentam resultados mais rapidamente, porém, isso também está relativo a intensidade da atividade, frequência, genética, entre outros fatores.

A hipertrofia, que é o crescimento da célula, é o processo mais significativo para que o aumento da massa muscular aconteça. Durante os exercícios mais intensos, os filamentos de proteínas são destruídos. Porém, no período de descanso, entre um exercício e outro, esses filamentos são refeitos com uma proporção maior, é isso que  leva o aumento da massa.

Sabendo de tudo isso, muitas pessoas que não são bem orientadas, mas que querem resultados rápidos, acabam por tomar hormônios, que em algumas vezes são receitados por profissionais não gabaritados. Os danos do mau uso dessas substancias podem ser irreversíveis ao corpo.

Outro fator importante é que as pessoas reagem de maneiras diferentes ao uso de tais substancias. Tem gente que tem melhores resultados sem o uso dessas drogas. Isso tudo pela questão genética, algo que não pode ser modificado.

O aumento de massa muscular não é impossível, exige muito suor e comprometimento, aliado a uma alimentação saudável.

Algumas dicas para atingir bons resultados:

– O sono em quantidade adequada é muito importante para não comprometer as atividades do dia seguinte

– Respeite o intervalo entre um exercício e outro

– Alimentação saudável tem que ser seguida

– Alongamento antes e depois dos treinos é sempre essencial, para evitar lesões e outros tipos de complicações

– Usar pesos adequados

– Tente tornar a ida a academia algo proveitoso e não como uma obrigação

Anúncios

Cervejinha após o futebol é recomendada ou não?

Com o calor que tem feito ultimamente  ficam mais possíveis aquelas “peladas” de fim de dia, ou até nos final de semana. Enquanto o jogo está rolando, todos se hidratam com água, isotônicos etc… Mas quando o jogo termina, todos abandonam a água, e partem para cerveja. Muitos esperam essa oportunidade para contar as novidades, falar sobre o desempenho na “pelada”, xingar os jogadores do seu time, entre outras assuntos.

Agora fica a pergunta: o consumo de cerveja após a prática esportiva é recomendado?

Infelizmente, a resposta é não! Isso porque já perdemos muita água durante o jogo, e ao beber cerveja estariamos perdendo ainda mais líquido do nosso organismo. Isso ocorre porque o álcool da cerveja estimula a atividade renal a eliminar água.

Durante o jogo, para mantermos a temperatura do nosso corpo equilibrada, nosso organismo perde água através da sudorose (suor). Isso significa que ao final da partida, nosso corpo terá muito menos água do que tinha antes do jogo iniciar. Então, o consumo de qualquer bebida alcóolica logo após o esforço físico pode causar um mal estar, ou algo mais grave, relacionado a funcionalidade do sistema cardiovascular.

O fato de não ser recomendado não quer dizer que seja proibida uma “cerva” após o futebol, mas todo cuidado é pouco. Não devemos exagerar e nem tornar regra uma excessão. E como vimos no post da semana passada, a hidratação antes, durante e depois de qualquer esforço é sempre importante. Fique atento e evite problemas posteriores.

A importância da Hidratação nas Atividades Físicas

Quem pratica esportes regularmente sabe qual é a importancia de uma boa hidratação, antes, durante e depois de qualquer atividade física. Durante a prática dessas atividades, nosso corpo perde muita água e alguns sais minerais pelo suor. Também perdemos líquidos através da urina e da respiração. Alguma reposição precisa ser feita, por isso dizem que é tão importante beber vários copos de água diários. O recomendado são cerca de 2,5 litros de água por dia para um adulto.

Agora vamos entender o que uma má hidratação pode causar durante os esforços físicos:

– Cansaço repentino

– Câimbras Musculares

– Lesões Musculares

– Perda de Performance

– Perda de Concentração

– Tontura

Vamos dar algumas dicas para evitar os problemas anteriores:

1- Beba cerca de 400 ml de água 2 horas antes de qualquer esforço físico mais intenso.

2-  Se você for praticar durante um tempo maior do que 60 minutos, inclua bebidas isotônicas (Gatorade, Powerade, Marathon).

3 – Ao iniciar a atividade, ingerir líquidos a cada 20 minutos, ficando sempre atento que o exagero no consumo, acaba causando uma sensação de corpo pesado, o que não é bom para a prática esportiva.

Alguns outros líquidos que podem ser ingeridos durante a prática esportiva:

– Àgua de Coco: é uma espécie de isotônico natural, além de não possuir um alto valor colórico, ainda possui um elevado teor nutricional. Uma alternativa que recupera rapidamente os sais minerais perdidos.

– Energéticos: Essas bebidas não devem ser consumidas com a finalidade de hidratação. Pois além de possuirem cafeína, também contém uma grande quantidade de açucar, o que faz com o atleta tenha mais sede. Os energéticos podem ser ingeridos, mas com a devida moderação.

Praticar esportes como sempre falamos, só traz benefícios a qualquer um. Se essa prática for feita com os devidos cuidados, os resultados vão ser muito mais expressivos. Por isso, é importante ficar atento a pequenos detalhes, que fazem uma enorme diferença aos esportistas.

Brasil Open de Tênis

Para os fanáticos pelo tênis que moram na cidade de São Paulo, ou nas proximidades, do dia 11 (sábado) até o dia 19 (domingo de carnaval) tem a oportunidade de ver grandes tenistas duelando pelo título do Brasil Open de Tênis.

Após onze edições na Costa do Sauípe, na Bahia, o evento, pela primeira vez, ocorrerá em São Paulo.

O torneio distribui cerca de 500.000 dólares em prêmios. E contará com a presença de inúmeros jogadores que já figuraram entre os 10 melhores do Ranking da ATP: os espanhois Fernando Verdasco, e Juan Carlos Ferrero; o Francês Gilles Simon; o Argentino David Nalbandian. O Torneio ainda conta com os brasileiros Thomas Belucci 37° do Ranking, Ricardo Mello 85° e João Souza 104°(qualifying).

O torneio acontecerá no Ginásio do Ibirapuera com capacidade de 10730 lugares.

A pior inimiga dos paulistanos nessa época, a chuva, poderá dar o ar da graça desta vez, pois todas as quadras serão cobertas.

Os ingressos custam à partir de 15 reais e valem para todos os jogos do dia. Por exemplo, você decide ir ver um jogo ao meio-dia  e o último jogo do dia ocorre somente 19 horas, com o ingresso que você comprou, você terá direito a ver todos os jogos.

As semi-finais e a final serão disputadas no sábado (18) e domingo de carnaval (19) respectivamente, sendo uma ótima opção para quem vai passar o Carnaval por aqui e quer acompanhar um Tênis de alto nível.

Aproveite antes que esgotem os ingressos!

Para mais informações consultem o site do evento: http://www.brasilopen.com.br

A prática de esporte e seus benefícios para a visão

Se você pensa que a atividade física é benéfica para o coração, para manter a forma, elevar a auto estima, está certo. Mas ela , se bem orientada, é capaz de muito mais do que se imagina. Saiu ume reportagem na Revista Saúde, mês de janeiro/2012, que aborda o esporte em prol do olhar.

A visão é muito importante na prática de esportes que exigem reflexos rápidos. Por exemplo, em um jogo de volei, você usa a visão tanto para saber onde está a bola, como também, onde estão seus companheiros e adversários. A fisiologista Jennifer Yip, da universidade de Cambridge, fez um estudo que revelou que manter-se ativo esportivamente ao longo da vida protege contra o risco do glaucoma.

Muitos oftalmologistas acreditam que a musculação não seria positiva para a visão pois a prática da mesma alavancaria a pressão intraocular. Para tirar essa história a fundo, Marcelo Conte da Escola Superior de Educação Física de Jundiaí, depois de monitorar um grupo de malhadores, chegou a conclusão que incidência do problema seria amenizada com a prática de exercícios físicos e não agravada, como se especulavam. No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre esse assunto.

A dica para os malhadores que não querem correr o risco de ter um problema posterior é não carregar um peso insuportável por poucas vezes, e sim investir  em diversas repetições com uma carga adequada, que vai aumentando aos poucos. Isso porque quanto maior a exigência física, maior a pressão intraocular.

A prática de esportes não é só importante para evitar a glaucoma. É possível prevenir cataratas e degeneração macular, através de caminhadas ou pedaladas.

Uma outra dica: podemos deixar nossa visão mais eficiente, ou seja, aprendendo a utiliza-la melhor se praticarmos esportes que exigem reflexos rápidos. Exemplo: Esgrima, Squash, tênis, futebol entre outros.

Cachoeiras no Estado de São Paulo

Quando chega o verão, qual a primeira coisa que vem na cabeça de cada um? Certeza que muita gente vai responder: praia. Mas existem diversas outras formas de aproveitar o verão mesmo não indo á praia. Uma delas é com certeza, tomar um banho de cachoeira para renovar a energias. Pensando nisso, vamos mostrar algumas opções de cachoeiras, algumas perto, outras não tão perto da cidade de São Paulo.

Brotas – Cidade conhecida pelos esportes radicais naturais, mas que também tem sua beleza natural com diversas cachoeiras, matas preservadas, serras e rios. Fica a aproximadamente 261km de São Paulo

Cachoeira dos Quatis: A cachoeira possui 46 metros de queda livre e 1500 metros de trilha. Uma mistura de trilha com cachoeira, aproveitando também para observar a natureza e alguns animais no percurso.

Cachoeira Cassorova: A cachoeira da Cassorova possui 60 metros de quedas em 2 estágios. Também possui 200 metros de trilha conservada, otimo para banho de cachoeira e Canyoning

Joanópolis – Cidade que fica a aproximadamente 116 km da Cidade de São Paulo

Cachoeira dos Pretos: Cachoeira localizada nas montanhas da Serra da Mantiqueira. Possui uma queda d’agua de 154 metros, é nela que se encontra a nascente do rio Piracicaba. Na entrada da cachoeira também é possível praticar esportes de aventura como por exemplo: Arvorismo, Boia Cross

Mongaguá – Cidade que fica a aproximadamente 88 km da capital de São Paulo

Poço das Antas: Esse lugar é um dos melhores cartões de visita da cidade de Mongaguá, possui diversas trilhas ecológicas, quedas d’agua, piscinas naturais e corredeiras.

Mogi das Cruzes – Fica aproximadamente 61 km da cidade de São Paulo

Cachoeira da Pedra Furada: Para chegar na cachoeira também é necessário passar por uma trilha que possui diversos rios e uma paisagem exuberante. Só que antes de chegar na cachoeira existem algumas poças de lama em que os aventureiros serão obrigados a passar por elas.

Cunha – Fica a aproximadamente 225 km de São Paulo

Cachoeira da Pimenta: Possui várias quedas d’água com uma altura de aproximadamente 90 metros. A  última queda forma um poço que é ótimo para o banho.

Cachoeira dos Pilões: Possui várias quedas d’água que despencam por um cânion na Serra do Mar em plena Mata Atlântica. Antes de chegar na cachoeira existe um mirante de onde é possivel ter uma visão privilegiada das praias de Ubatuba.

Cachoeiras: Mais uma ótima opção para se divertir nas férias!

Ecoturismo – Parque Serra da Cantareira

Férias chegando, dias quentes em todo o Brasil e aí, você já pensou na sua viagem? Para quem é de São Paulo e quer unir contato com a natureza com caminhadas, uma boa possibilidade é fazer um Ecoturismo na Parque Serra da Cantareira, que fica aproximadamente 20 km do centro. Uma experiência muito interessante e que não é preciso fazer uma grande viagem para realizá-la.

Para você que gosta de caminhada natural, a Serra da Cantareira tem um roteiro muito interessante, vamos a ele:

Trilhas do Engordador – Essa trilha consiste em caminhadas leves na mata atlântica, unindo ecologia e história.

Núcleo Cabuçu – é o maior núcleo do parque, além de ser o mais novo também. Toda sua extensão é cercada pela mata atlântica e abundancia de recursos hídricos.

Nucleo da Pedra Grande – Conhecida como uma das trilhas mais belas do parque, você pode conhecer o Lago das Carpas e o famoso Mirante da Pedra Grande, para se ter uma visão privilegiada da cidade de São Paulo.

Núcleo Aguas Claras – Conhecida por ser o local onde vive uma onça parda, em plena metrópole.

Pedra Grande x Agúas Claras – Essa trilha é composta por 17 km de caminhada, onde podemos ver com certa facilidade os animais, desde macacos até quatis.

Se você ficou interessado em fazer alguma dessas trilhas, entre no site http://www.ecoturismobrasil.com.br e veja como juntar bem-estar e saúde com Ecoturismo.